li_icon_1.png
li_icon_2.png

Ponte de Lima
A Vila mais antiga de Portugal

Conhecer Aveiro é entrar numa viagem pelas sensações.

Vamos descobrir se Aveiro é doce ou salgado e testar a capacidade de observação e audição com a biodiversidade da ria?


Aveiro é uma cidade na costa oeste portuguesa fundada junto a uma laguna conhecida como Ria de Aveiro. Distingue-se pelos seus canais navegados por barcos coloridos (barcos moliceiros), tradicionalmente utilizados para a colheita de algas (o moliço) pelos marenotos.
Em Aveiro podemos aprender de onde vem o sal utilizado na cozinha e conhecer todo o processo para a sua extração nas Salinas.
Aqui, existe um ecossistema próprio onde algumas aves fazem ninho nos caminhos junto à água, por isso, é preciso cuidado para não os pisar! Como se chamarão estas aves?

 

Melhor altura para visitar:​

Duração:

Idade recomendada: 

 

Visitar e fazer:

 

Entre maio e outubro

1 a 3 dias

 

a partir dos 6 anos

. Quinta de Pentieiros

. Ecovia das Lagoas de Bertiandos

. Centro Interpretativo

. Ponte romana e medieval

. Parque Temático do Arnado

. Museu do Brinquedo Português

. Festival Internacional de Jardins

. PR Trilho da Mesa dos 4 abades

ecovia_das_lagoas_1_962652883566067ea719e4.jpg

Conhecer Aveiro é entrar numa viagem pelas sensações.

Vamos descobrir se Aveiro é doce ou salgado e testar a capacidade de observação e audição com a biodiversidade da ria?


Aveiro é uma cidade na costa oeste portuguesa fundada junto a uma laguna conhecida como Ria de Aveiro. Distingue-se pelos seus canais navegados por barcos coloridos (barcos moliceiros), tradicionalmente utilizados para a colheita de algas (o moliço) pelos marenotos.
Em Aveiro podemos aprender de onde vem o sal utilizado na cozinha e conhecer todo o processo para a sua extração nas Salinas.
Aqui, existe um ecossistema próprio onde algumas aves fazem ninho nos caminhos junto à água, por isso, é preciso cuidado para não os pisar! Como se chamarão estas aves?

E porque Aveiro não é só terra de sal e moliço, nenhuma viagem à sua essência pode terminar sem a deliciosa experiência de provar os tão típicos ovos moles depois de aprender como se fazem com quem sabe! Sim, na Oficina do Doce é possível assistir e participar num breve workshop de modelagem dos ovos moles e aprender um pouco sobre a sua história.

 

Perto de Aveiro, no concelho vizinho de Estarreja, temos a BioRia para apurar os sentidos da visão e da audição. Aqui vamos observar a biodiversidade própria deste local. 

 

A Ria de Aveiro é considerada uma das formações geológicas mais importantes e de elevado valor conservacionista no panorama nacional e internacional.

Até ao início da sua formação, por volta do século X, o mar atingia os actuais Concelhos de Estarreja e Aveiro, submergindo outros como Ovar, Murtosa e Mira, tendo posteriormente recuado no século XVI, dando origem a este complexo ecossistema estuarino.

Conhecida como “Ria”, trata-se na realidade de uma laguna devido à ligação artificial ao mar estabelecida em 1808, através da abertura de uma barra no cordão litoral.

A beleza paisagística inconfundível desta valiosa zona húmida, reconhecida pelos diversos estatutos de natureza atribuídos, onde se destaca a classificação de Zona de Protecção Especial (ZPE) e vários Sítios de Importância Comunitária (SIC), mostra-nos a necessidade de valorizar, conservar e promover de forma sustentável o vasto património natural existente nesta região.

O Centro de Interpretação Ambiental, estrategicamente localizado no início do Percurso de Salreu, é a porta de entrada na Ria de Aveiro, ponto de recepção dos visitantes e um pólo de dinamização de inúmeras actividades de sensibilização ambiental. fonte: BIORIA.com


 
Aveiro é, pois, uma região para Sentir com todos os sentidos bem apurados!